Os parceiros

O consórcio do projecto é composto por oito parceiros de toda a Europa, combinando associações de retalhistas orgânicos, criadores de mercado e peritos e técnicos do sector da refrigeração:

  • HEAT (gestor de projecto, Alemanha) 
  • shecco (Bélgica)
  • AgroBio - Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Portugal)
  • BNN – Bundesverband Naturkost Naturwaren (Alemanha)
  • SEAE - Sociedad Española de Agricultura Ecológica/Agroecología (Espanha)
  • BIV – Bundesinnungsverband des Deutschen Kälteanlagenbauerhandwerks (Alemanha)
  • KNVvK - Koninklijke Nederlandse Vereniging voor Koude (Países Baixos)
  • STEK - Stichting Emissiepreventie Koudetechniek (Países Baixos)

HEAT GmbH

Como pode a escolha certa de tecnologia ajudar a proteger o ambiente? Que políticas podem os países escolher para se colocarem no caminho da protecção climática? Como podemos inverter o esgotamento da camada de ozono? No caso de uma emergência climática, HEAT fornece serviços de consultoria e engenharia, bem como de desenvolvimento de capacidades para o futuro. Apoiar a Alemanha e os países em desenvolvimento na sua luta contra o empobrecimento da camada protectora de ozono da Terra e a transição sustentável do sector da refrigeração e do arrefecimento está no centro do trabalho do HEAT. A empresa de consultoria independente, sediada na Alemanha, concluiu mais de 300 projectos em mais de 25 anos e está actualmente envolvida em projectos em 30 países. 

Um dos principais objectivos do HEAT é desenvolver a capacitação e formação relacionadas com a especialização em tecnologias amigas do ambiente e eficiência energética. A empresa fornece, entre outros, inventários de emissões e vias de mitigação, aconselhamento sobre o desenvolvimento de leis, regulamentos e normas, e serviços de engenharia. A nossa equipa é composta por engenheiros e especialistas em ciências naturais e socioeconómicas. 

HEAT dirige o secretariado de Refrigerants, Naturally!, uma associação global sem fins lucrativos para refrigerantes ecológicos e energeticamente eficientes, registada na Alemanha, que será uma ferramenta chave para o projecto Ref, Nat! for LIFE. 

No âmbito do projecto Ref, Nat! for LIFE, HEAT é o líder do projecto e portanto responsável pela maior parte da gestão do projecto e lidera os esforços para a implementação das diferentes actividades, bem como as actividades de comunicação e disseminação. 

 

Contacto:

Britta Pätzold

Endereço de correio electróBritta.paetzold@heat-international.de 

Site: www.heat-international.de


shecco (Bélgica)

A shecco é um acelerador do mercado global que ajuda as empresas a trazer mais rapidamente ao mercado as suas soluções amigas do ambiente. Na indústria do aquecimento, arrefecimento e refrigeração, somos especializados em refrigerantes naturais. Acreditamos que a inovação, a sustentabilidade e o sucesso empresarial estão intimamente ligados. O nosso lema "Sustentar a nossa atmosfera" reflecte este compromisso, enquanto os nossos serviços e produtos são optimizados para ajudar a reduzir os poderosos gases com efeito de estufa e as substâncias que empobrecem a camada de ozono. Trabalhamos com mais de 150 clientes em todo o mundo que procuram fazer avançar o negócio dos refrigerantes naturais. A carteira de actividades da Shecco inclui estudos de mercado (sheccoBase), assuntos públicos, plataformas industriais B2B, revistas de notícias, gestão de eventos, subsídios e financiamento. 

No projecto Ref, Nat! for LIFE, a shecco é a co-líder das actividades de comunicação e divulgação. A shecco também está envolvida em todas as outras actividades, em particular a implementação de estudos de mercado em linha do RAC, a compilação de estudos de caso para as melhores práticas do RACBC  no setor retalhista de alimentos biológicos e o directório de formação e materiais de RAC disponíveis na Europa. 

 

Contacto:

Pauline Bruge

Endereço de correio electrónico: pauline.bruge@shecco.com 

Site: www.shecco.com


AgroBio - Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Portugal)

AGROBIO, fundada em 1985, é uma associação pioneira que lidera a divulgação e desenvolvimento da Agricultura Biológica em Portugal.

É uma associação não governamental do ambiente, sem fins lucrativos, reconhecida por lei como uma entidade de utilidade pública.

A AGROBIO, apesar de ter como principal foco a agricultura, tem expandido o seu mandato a favor da proteção do ambiente e da proteção do consumidor. O seu principal papel é auxiliar os intervenientes na cadeia de valor dos alimentos orgânicos com suporte técnico e comercial, incluindo a formação dos consumidores, técnicos e lojistas. Sendo considerada a Associação mais importante para o setor retalhista de produtos orgânicos e sendo uma entidade de agregação de agricultores, produtores, retalhistas e distribuidores, a AGROBIO é o parceiro mais indicado para integrar o projeto no que toca ao mercado Português.

 

A AGROBIO também realiza uma série de formações no âmbito da sustentabilidade que são de grande valor para a divulgação dos resultados do projeto desenvolvido para o principal público-alvo – os proprietários de lojas de produtos orgânicos. A Associação é, em suma, um poderoso meio de divulgação e comunicação deste projeto em Portugal.

 

Contacto:

Inês Efigénia

Endereço de correio electrónicocomunicacao@agrobio.pt

Site: www.agrobio.pt 


BNN – Bundesverband Naturkost Naturwaren (Alemanha)

A Bundesverband Naturkost Naturwaren (BNN) e.V. é a associação alemã de grossistas e retalhistas de produtos orgânicos e naturais, que representa os interesses do sector dos alimentos orgânicos e dos produtos naturais a nível político e económico. A associação está envolvida no desenvolvimento de propostas legislativas nacionais e internacionais, por exemplo, melhorias da regulamentação orgânica da UE. Além disso, é activa no campo das relações públicas e da sensibilização das partes interessadas. Os seus membros incluem produtores, grossistas, retalhistas e importadores de alimentos orgânicos e naturais. BNN é membro da IFOAM, a organização internacional para o sector dos alimentos orgânicos. A associação adopta directrizes especiais e desenvolve serviços para os seus membros, tais como a monitorização dos indicadores de sustentabilidade das empresas. O BNN representa o maior sector alimentar orgânico da Europa. 

No âmbito do projecto Ref, Nat! for LIFE, o BNN está activamente envolvido em todas as actividades para o sector PBR, liderando a sua implementação, disseminação e comunicação na Alemanha. 

 

 

Contacto:

Hans-Josef Brzukalla

Endereço de correio electróniconachhaltigkeit@n-bnn.de 

Site: www.n-bnn.de 


SEAE - Sociedad Española de Agricultura Ecológica/Agroecología (Spain)


BIV – Bundesinnungsverband des Deutschen Kälteanlagenbauerhandwerks (Alemanha)

BIV representa as empresas responsáveis pela concepção, instalação, manutenção e reparação de equipamentos de refrigeração e ar condicionado na Alemanha. Representa os interesses dos seus membros no comércio da construção de instalações frigoríficas, de acordo com os requisitos legais. Como membro da Associação Central de Artesãos Alemães (ZDH), o BIV desenvolve o seu próprio comércio a nível político, nacional e comercial. O comércio de artesãos frigoríficos oficialmente reconhecido foi fundado em 1978. A formação de alianças nacionais e regionais baseia-se na legislação comercial alemã para as empresas alemãs. O BIV foi fundado em Ratingen em 1982. Tradicionalmente, o trabalho dos aliados e do BIV centra-se principalmente nos ofícios profissionais. O objectivo do BIV é aumentar a especialização das suas empresas membros em termos de qualidade tecnológica, design e marketing e criar uma imagem pública positiva para o comércio da refrigeração e do ar condicionado. O aumento contínuo das normas técnicas no domínio da tecnologia de refrigeração e ar condicionado, os requisitos cada vez mais rigorosos para novas aplicações e os aspectos legais mais rigorosos das normas ambientais, de saúde e de segurança garantiram um aumento da procura de instalações frigoríficas. Para satisfazer a grande procura de membros altamente qualificados, o BIV tem sete faculdades técnicas e numerosas classes técnicas. O BIV, com o seu comité de formação, apoia e encoraja o desenvolvimento do comércio independente. 

No âmbito do projecto Ref, Nat! for LIFE, o BIV está activamente envolvido em todas as actividades destinadas ao sector RACBC, liderando a implementação, disseminação e comunicação na Alemanha. 

 

Contacto:

Dr. Matthias Schmitt

Endereço de correio electrónico: matthias.schmitt@biv-kaelte.de

Site: www.biv-kaelte.de 


KNVvK - Koninklijke Nederlandse Vereniging voor Koude (Países Baixos)

A KNVvK é a associação reconhecida de profissionais do sector holandês da refrigeração e bombas de calor, fundada em 1908. Reúne especialistas, investigadores, cientistas, formadores, empreiteiros, fornecedores, utilizadores finais, engenheiros e estudantes. A KNVvK tem membros individuais e empresas e presta a eles mesmos e à comunidade em geral conselhos sobre tecnologias sustentáveis, inovação, refrigerantes naturais, poupança de energia e encoraja a colaboração entre todas as partes envolvidas. A KNVvK representa esta comunidade a nível nacional e internacional e contribui para o desenvolvimento de regulamentos e normas nacionais e europeias. O KNVvK é um parceiro reconhecido do Instituto Internacional de Refrigeração IIR/IIF. 

No projecto Ref, Nat! for LIFE, o KNVvK desempenha um papel activo em todas as actividades destinadas ao sector CPRS e lidera a implementação, disseminação e comunicação nos Países Baixos e não só. 

 


Contacto:

René van Gerwen

Endereço de correio electrónico: rene@entropycs.net

Site: www.knvvk.nl


STEK - Stichting Emissiepreventie Koudetechniek (Países Baixos)

O governo holandês lançou o Programa de Acção CFC no início dos anos 90. Após consulta com todas as indústrias que utilizam CFC, foram tomadas medidas para cumprir as obrigações nacionais ao abrigo dos Protocolos de Montreal e Quioto. O principal objectivo era evitar as fugas de CFC, HCFC e HFC do equipamento de refrigeração e ar condicionado. O Ministério do Ambiente designou o STEK através de um sistema de qualificação de empresas e pessoas (competências) para assegurar a implementação das directrizes internacionais nos Países Baixos. A STEK tem mais de 25 anos de experiência em garantia de qualidade, sustentabilidade e segurança no sector. O sistema STEK também serviu de modelo para os decisores políticos em Bruxelas e na Comissão Europeia no desenvolvimento do Regulamento Europeu sobre gases fluorados EU 842/2006 e do seu sucessor EU 517/2014.  A STEK é actualmente o principal organismo de inspecção nos Países Baixos para operadores profissionais de refrigeração e AVAC. Desde a entrada em vigor da nova legislação sobre gases fluorados na Holanda em 2010, a STEK continua a funcionar como uma fundação autónoma com um programa baseado na qualidade testada e certificada, sustentabilidade e segurança. Embora o programa STEK seja voluntário para empresas do sector da refrigeração e aquecimento e ar condicionado, continua a representar a maior quota de mercado nos Países Baixos. Actualmente, inclui módulos para gases F (tanto para sistemas estacionários como de transporte), ar condicionado EPBD, CO2, bombas de calor e também um módulo para refrigerantes inflamáveis (naturais).   

No âmbito do projecto Ref, Nat! for LIFE, a STEK está activamente envolvida em todas as actividades do sector RACBC, assegurando a sua aplicação, disseminação e comunicação nos Países Baixos. 

 

Contacto: 

Wim den Boer; Jan Verkade

Endereço de correio electrónicoinfo@stek.nl wimdenboer@stek.nl
jan@verkade.name 

Site: www.stek.nl